Bryce Dallas Howard, a Claire de "Jurassic World", fala sobre o filme: "parece sensacional"!

Talvez seja o filme mais esperado deste verão, e em 12 de junho, nós finalmente veremos o quarto — e tão aguardado — filme da franquia Jurassic Park. Situado 22 anos após o filme original, Jurassic World estrela Bryce Dallas Howard no papel de Claire Dearing e Chris Pratt como Owen Grady. Nos dias atuais, o parque está aberto, mas desta vez conta com uma maior, mais assustadora e mais desastrosa atração. Bryce falou ao site estadunidense 'Bustle' sobre o filme e se revelou uma fã de carteirinha da franquia. Vejam:




Se você assistiu ao primeiro trailer o grito de Bryce "Corram!" deve ter grudado na sua cabeça, e esses personagens devem ter de correr de um dinossauro assustador — ou pior. “Aquele trailer é muito divertido,” Bryce Dallas Howard diz. “Tudo sobre fazer Jurassic World foi um sonho se tornando realidade. Eu fiz uma sessão de ADR outro dia e o filme parece sensacional!” 

Para quem não sabe o que uma "sessão de ADR", esta é uma sessão na pós-produção onde os atores são chamados para fazer dublagens de áudios que não ficaram bons durante as filmagens das cenas, ou mesmo alguma narração em off que precise ser feita. Nesta sessão específica na qual Bryce esteve, também estiveram B.D. Wong, Vincent D'Onofrio e Ty Simpkins (e deve ter estado também outros nomes do elenco).

Do trailer em si, nós podemos esperar algumas coisas do filme: Um dinossauro mutante híbrido é feito, o parque funciona como uma versão assustadora do Sea World, os Raptors estão por lá, e o mais importante, os humanos que trabalham no Jurassic World são idiotas que insistem em brincar com a natureza e a evolução. “Eu teria interpretado uma árvore se eles tivessem me pedido!”, Dallas Howard fala sobre seu papel de destaque no filme. “É difícil de escolher o maior destaque, porque foi o meu primeiro filme depois de eu ter a [minha filha] Beatrice e eu só ficava o tempo todo me beliscando, porque eu não conseguia acreditar no quão sortuda eu era. Jurassic Park é tão icônico e fazer parte disso de qualquer  maneira é assustador.”


Mas, felizmente, ela escolheu a sua parte favorita, e revelou que entre os dinossauros, os sets luxuosos na selva, um elenco assassino, e épicos one-liners, a sua parte mais querida de filmar foi trabalhar com o único e incomparável Chris Pratt. "Ele é um tesouro em todos os sentidos da palavra," diz ela. "Ele é tão gentil e humilde, e absolutamente hilariante. Nunca há um momento de tédio quando Chris está por perto. Ele é o ator mais doce com o qual eu já trabalhei."

E os fãs vão concordar, com a aventura galática da Marvel de Pratt, Guardiões da Galáxia, se tornando o filme de maior bilheteria do último verão. "O fato de que ele agora é 'o cara' nesses grandes filmes me faz estar muito mais animada para grandes filmes. Ele traz um tipo de sensibilidade e humor para seus papéis — há um magnetismo que te atrai para assisti-lo," diz ela.

Embora essa ruiva deslumbrante não pudesse revelar muito em termos de enredo, ela compartilhou o seu momento mais assustador em assumir o mais recente filme da franquia. "[Meu] momento mais assustador é difícil de dizer sem revelar a trama, mas eu vou dizer isto: o relançamento de uma franquia icônica é aterrorizante para todos os envolvidos," diz ela. "Há tanta coisa para se viver. Mas se você fizer certo, é emocionante."


A atriz, que já é mãe de dois filhos, diz que eles afetam os tipos de papéis que ela assume "em um sentido logístico." Olhando para os próximos projetos de Dallas Howard, Jurassic World e Pete's Dragon em particular, eles pendem mais para um lado familiar (se você considerar que dinossauros sedentos de sangue são apropriados para crianças). "Eu levo em conta coisas como, esse projeto, esse personagem, esse filme, valem a pena para que eu tire meu tempo e fique longe da minha família?", Ela explica.

"Em termos de projetos nos quais eu estive, eu tive a oportunidade de estar em peças onde eu fiquei nua em telhados de Nova York para um público de 40 anos, e eu estive em filmes com vampiros, super-heróis, e dinossauros! Tudo o que posso dizer é que trabalhar como atriz é um presente sensacional, e eu acho que os meus filhos veem isso, independentemente de eu deixá-los ou não assistir aos meus filmes," diz ela. "A alegria única de trabalhar em um filme familiar é que, quando eles funcionam, eles realmente são para todos. Meus momentos favoritos em uma sala de cinema sempre foram ao assistir histórias que conectam todos — no medo, na alegria, na tristeza, na aventura, ou seja lá o que for —. Se Jurassic World puder conseguir isso,eu vou estar muito orgulhosa."

Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros estreia nos cinemas brasileiros em 11 de junho.



Entrevista: Bustle;
Tradução: Mundo Jurássico BR.
Compartilhar no Google Plus

Sobre os autores


Victor Nunes é o fundador da rede Mundo Jurássico BR. Com 18 anos de idade, reside em Guarulhos/SP, cursa Engenharia de Produção pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e é fã de Jurassic Park desde seus 8 anos, além de curtir outras produções de cinema e televisão da cultura pop. | Facebook | Twitter

Bruno Fernando é editor do Mundo Jurássico BR desde junho de 2015. Apaixonado pelo clássico de Spielberg desde criança, conheceu o romance original de Michael Crichton na adolescência e hoje, com 18 anos, se considera um fã de cultura pop e futuro jornalista.
    Comentários do Blogger
    Comentários do Facebook

0 comentários :

Postar um comentário