Análise: Primeiras impressões de "Jurassic World: The Game", em breve para Android e iOS!

Com o lançamento do novo filme Jurassic World, a franquia Jurassic Park reergueu-se também em outras mídias. Relançamentos de livros, relançamentos de blu-rays, e é claro, novos games! Além de LEGO Jurassic World, um outro novo jogo será lançado em breve, mas só para plataformas móveis: é o Jurassic World: The Game, uma versão bem melhorada de Jurassic Park Builder. E quando eu digo melhorada, eu quero dizer muuito melhorada! 


O jogo foi liberado mais cedo do que se esperava na Austrália, mas somente lá. Aqui e no resto do mundo, o lançamento de JW: The Game acontecerá no fim de abril na Apple Store para iPhones, iPads e outros dispositivos com iOS. O lançamento na Google Play Store, para dispositivos Android, acontecerá em meados de maio. Não há informações ainda sobre o lançamento para Facebook.

Como o jogo já está disponível na terra dos cangurus, alguns fãs já tiveram a oportunidade de jogá-lo, e o JPLegacy fez uma análise especial sobre a jogabilidade e outras coisas do game, e eu trago essa análise traduzida a vocês:



Jurassic World: The Game é o game inspirado no novo filme que sucede Jurassic Park Builder, criado pela Ludia. Situado na Ilha Nublar, como seu predecessor, o objetivo do jogo é simples. Criar dinossauros, desafiar oponentes na Arena, criar o seu próprio Jurassic World. Atualmente esse jogo é exclusivo para dispositivos móveis e parece que vai continuar assim.

Nos parágrafos abaixo, você confere mais sobre o jogo, sobre o que ele é, as funcionalidades, os gráficos, o som, a lista de espécies, e tudo o mais:

Gráficos e Som

No geral, o jogo é bem bonito. Jurassic World teve uma grande atualização em seus gráficos. Os dinossauros são muito detalhados, bem como a ilha e as construções do parque em si. O interessante é que a ilha tem realmente a forma da Ilha Nublar e é incrivelmente detalhado para um jogo de plataforma móvel. Algumas características incluem montanhas, córregos, a atual área do Centro de Visitantes do Jurassic World, um monotrilho animado, e para os fãs hardcore, o antigo Centro de Visitantes em ruínas no canto superior esquerdo do mapa. A música é remanescente do Jurassic Park Builder e da franquia Jurassic Park como um todo, e eu não me surpreenderia se ela realmente fizesse parte do material de som usado dentro do próprio filme. Os sons dos dinossauros deixam um pouco mais a desejar como foi em JPB, com os mesmos sons de dinossauro genéricos sendo utilizados para todas as espécies, como o Majungasaurus, para o qual o jogo usa um rugido de um Tyrannosaurus. No geral, isso não afeta a experiência do jogo e, pessoalmente, não me incomodou até agora.

Jogabilidade

O gameplay (jogabilidade) é muito similar ao do Jurassic Park Builder. A diferença desta vez é que o desbloqueio dos dinossauros é feito conforme você avança na Arena. O jogo começa com uma cena de um helicóptero voando sobre Nublar com uma carga animal ligada a ele. Ela é colocada na Arena e revelada como um Majungasaurus. Então, cabe a você com seus Triceratops fiel, derrotar o carnívoro na batalha, e depois de um pequeno tutorial, derrotando o animal, você o desbloqueia para compra com o uso dos Dinosaur DNA Points. Esta é uma nova moeda introduzida no jogo e usada para procurar por animais adicionais depois de obtê-los em batalhas ou nos Mystery packs (vou explicá-los daqui a pouco). Alimentos, Moedas e Dinobucks retornam nesse jogo, a única diferença é que os alimentos não são divididos entre carne e plantas como o jogo anterior. Isso será explicado para você quando você mergulhar no jogo durante a alimentação dos Dinossauros. A evolução e o aumento de nível são mais ou menos como no último jogo.

A jogabilidade da Arena é simplesmente impressionante. As lindas animações em 3D permitem uma experiência fluida e detalhada durante cada luta. Os mecanismos trabalham similarmente ao Builder, sendo o combate baseado em turnos com algumas exceções. Uma das funções interessantes que entra nesse jogo aqui é os tipos de animais. Existem quatro tipos principais de animais categorizados no jogo, que incluem: carnívoros, herbívoros, pterossauros e anfíbios. Cada tipo tem uma vantagem/desvantagem em relação ao outro. Um exemplo disso é um carnívoro, que tem um aumento de 50% de ataque sobre herbívoros tendo estes últimos, uma diminuição de 50% no ataque contra os carnívoros. A Arena é um dos destaques do jogo, tornando-se viciante e divertida de se jogar. Uma característica muito legal que é exclusiva para o novo jogo é a capacidade de adicionar os brinquedos da linha Hasbro Jurassic World™ ao jogo. Você pode digitalizar o dinossauro para o jogo usando a câmera do seu dispositivo e usar o animal na própria batalha!

Lista de personagens e dinossauros

Os personagens do jogo.

Dado que esse jogo é baseado no filme, a maioria dos personagens principais está presente no game. Alguns nomes incluem Owen, Claire, Vic Hoskins e o próprio Simon Masrani! Até o momento não há participações de personagens dos outros filmes, e provavelmente deve continuar assim. Agora, a parte que todo mundo estava esperando… Os Dinossauros!! Eu vou listar abaixo todos os dinossauros disponíveis desde o início do jogo. Vejam a lista completa [conhecida até o momento, alguns dinos podem ser adicionados em breve]:

Alanqa
Limnoscelis
Tropeognathus
Triceratops
Majungasaurus
Argentinosaurus
Diplodocus
Utahraptor
Carnotaurus
Labyrinthodontia
Tapejara
Koolasuchus
Stegosaurus
Hatzegopteryx
Guanlong
Diplocaulus
Quezalcoatlus
Tuojiangosaurus
Nasutoceratops
Tyrannosaurus Rex
Ankylosaurus
Metriorhynchus
Pteranodon
Velociraptor
Pelecanimimus
Spinosaurus
Bonitasaura
Allosaurus
Supersaurus
Dimetrodon
Sarchosuchus
Coloborhynchus
Corythosaurus
Dilophosaurus
Dsungaripterus
Eucephalus
Gallimimus
Zhejiangopterus
Ichthyostega
Giganotosaurus
Irritator
Ostafrikasaurus
Parasaurolophus
Rajasarus
Pachycephalosaurus
Unaysaurus
Tyrannotitan
Suchomimus
Pyroraptor
Prionosuchus
Microposaurus

Como podem ver, há uma grande variedade de Dinossauros/Répteis Pré-históricos dos quais alguns eu nunca tinha ouvido falar. Muitos ainda estão por vir.

Conclusão das primeiras impressões

No geral, Jurassic World: The Game é visualmente deslumbrante, um agradável game móvel que, até agora, adiciona muito para a franquia Jurassic Park/World. Muitos dos problemas existentes em Jurassic Park Builder foram corrigidos, enquanto alguns bugs de lançamento têm causado preocupação em alguns, mas que eu estou certo de que serão corrigidos em breve. Eu recomendo esse jogo para qualquer fã da franquia e para aqueles que gostam de jogos de construção, para que o adicione à sua coleção. Atualmente o jogo só está disponível na Austrália para os mais recentes dispositivos iOS, e ele estará em breve disponível também na Google Play.
Lembro mais uma vez e agradeço à grande e ótima análise feita pelo fã Joshua Smith, um dos membros do JPLegacy. Há ainda alguns spoilers do jogo que foram também postados por um usuário no JPL, e eles são os seguintes:
- O primeiro encontro de Owen e Claire é em uma missão.
- Barry diz que todos os animais nasceram em Nublar.
- Masrani tem um pacote à caminho da ilha que Hoskins acha que é perigoso e que não deve ser recebido.
- Wu e Vic enganam Claire e ignoram as regras que ela estabelece.
- Wu clona os raptors de Owens depois que Owen consegue a aprovação do alto escalão e que vários governos de países assinam e dão aval.
- A primeira remessa é de três, mas um morre durante o processo, então Wu clona mais dois.
- Wu parece não se importar em nada com os animais, indo tão longe a ponto de sugerir que eles devem ter menos suplementos dietéticos, e Owen discorda.
- O Conselho de Administração faz uma visita e não está feliz que as ações da Masrani tem caído, o que leva à criação do I-Rex.
- Eles também se referem ao programa I-Rex com o codinome "Ares".
A seguir vocês conferem o gameplay do jogo feito pelo canal The Game Beaver no YouTube. O canal, até o momento já fez quase 20 vídeos de gameplay de Jurassic World: The Game, e você confere a seguir o primeiro deles. Se se interessarem mais, estejam à vontade para acessar o canal e os outros vídeos:


A seguir, vocês conferem várias screenshots do jogo que eu obtive através dos meus amigos do grupo Jurassic Park Brasil 4.4, no Facebook, e no Twitter de alguns fãs:






















E aí, ansiosos para o jogo? Como já dito, Jurassic World: The Game chega aos dispositivos com iOS no final deste mês (abril) e em maio para os dispositivos Android.

Análise: Jurassic Park Legacy;
Tradução: Mundo Jurássico BR;
Compartilhar no Google Plus

Sobre os autores


Victor Nunes é o fundador da rede Mundo Jurássico BR. Com 18 anos de idade, reside em Guarulhos/SP, cursa Engenharia de Produção pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e é fã de Jurassic Park desde seus 8 anos, além de curtir outras produções de cinema e televisão da cultura pop. | Facebook | Twitter

Bruno Fernando é editor do Mundo Jurássico BR desde junho de 2015. Apaixonado pelo clássico de Spielberg desde criança, conheceu o romance original de Michael Crichton na adolescência e hoje, com 18 anos, se considera um fã de cultura pop e futuro jornalista.
    Comentários do Disqus
    Comentários do Facebook

5 comentários :

  1. LoL, mal posso esperar!!!

    ResponderExcluir
  2. por que o mossauro nao aparece

    ResponderExcluir
  3. Angelo De Luca Fraga30 de abril de 2015 22:04

    aparece agora no update, mas so a sombra na lagoa

    ResponderExcluir
  4. Marcos Guimaraes13 de maio de 2015 20:11

    Alguem sabe como faz pra fundir duas especies diferentes?

    ResponderExcluir
  5. Flavio Filho Alves5 de junho de 2015 23:06

    aqui para de funcionar toda vez que eu ligo, alguém sabe resolver?

    ResponderExcluir