Nova matéria da Entertainment Weekly tem novas entrevistas sobre "Jurassic World"!

Em sua edição especial Summer Movies de 2015, a revista estadunidense Entertainment Weekly trouxe uma matéria especialíssima sobre Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros. A matéria inclui novas entrevistas com o diretor Colin Trevorrow, com o produtor Frank Marshall e com os astros do filme Chris Pratt e Bryce Dallas Howard, e além disso, como já divulgamos em nosso Facebook, uma nova imagem do filme também foi liberada pela publicação. Confiram a matéria completa:




No quarto filme da série Jurassic Park, o parque temático de dinossauros que John Hammond (Richard Attenborough) planejava no filme original de 1993 finalmente se concretizou 22 anos depois. É um destino de férias próspero, e o set reflete isso. Há uma elaborada rua principal com um centro de visitantes, uma loja de presentes, e restaurantes. Por enquanto, tudo está surpreendentemente calmo. “Vai ser super entediante,” brinca Chris Pratt, que interpreta um ex-militar que vive na ilha e estuda os raptors. “É só a gente, tipo olhando os dinossauros por uma hora e meia.” Dificilmente. Em pouco tempo, Pratt e a coestrela Bryce Dallas Howard estão se abaixando para se esconder dos pteranodons voadores e gritando, “Corram!”

Algumas coisas nunca mudam. Assim como os filmes anteriores, Jurassic World é um conto de seres humanos que são cortados (ou mordidos) para o seu tamanho quando eles tentam enganar a natureza em nome do todo-poderoso dólar. "Nós já vimos que nós vamos repetir nossos erros, se há dinheiro em jogo," diz o diretor Colin Trevorrow. "Não é sobre o perigo de se brincar de Deus. Estes animais são reais, e eles estão no nosso planeta."

Para impulsionar as visitas no moderno novo parque, a gerente de operações Claire (Howard) introduz um dino geneticamente modificado. Mas é claro que o grande vilão escapa e desencadeia um alvoroço — justo quando os jovens sobrinhos de Claire (Ty Simpkins e Nick Robinson) estão visitando a ilha. Em uma cena que é uma homenagem à icônica sequência do ataque do T. rex do primeiro Jurassic, os rapazes azarados se veem perto de se tornarem brinquedos de animal. "Há um passeio no parque que lhe permite entrar em uma esfera giroscópica e estar na selva com os dinossauros e viajar abaixo deles, o que dá terrivelmente mal," diz Trevorrow, cujo único outro lançamento foi o longa de viagem no tempo Sem Segurança Nenhuma, de 2012. "Imagine estar dentro de uma esfera e de repente ela quebra e você está rolando como um gato com um novelo de lã." Adicione Claire, que se transforma em uma heroína do estilo Ellen Ripley para proteger seus sobrinhos. "Me tornando mãe, eu percebi que ser maternal é ser descontroladamente fodona", a atriz diz com uma risada.


Howard e Pratt também tem que injetar um pouco de amor/ódio, do tipo do filme Tudo por uma Emeralda, nos seus personagens. "Eles não gostam um dos outro em tudo, e no final isso mudou," diz Trevorrow. "Nós achamos que [o conceito clássico] absolutamente pode se aplicar a um filme de dinossauros."

Tomar esse tipo de decisão é parte do trabalho em uma operação colossal como Jurassic World [uma produção de mais de 180 milhões de dólares]. Não é pouca coisa saltar de um indie como Sem Segurança (que custou 750 mil) para uma grande franquia. Mas o produtor Frank Marshall e o produtor executivo Steven Spielberg gostaram do que viram em Trevorrow. "Colin entendeu os filmes [Jurassic]," diz Marshall. "Isso é o que Steven e eu sentimos que foi a coisa mais importante — ele é um contador de histórias." Trevorrow está ciente da ordem de altura que ele enfrentou. "Tem muita gente da minha geração que sonhava em ser cineasta e que gostaria de ter este trabalho, e eu sinto a responsabilidade de todos eles para fazer deste tudo o que todos nós desejávamos que poderia ser," diz ele. "Se eu posso fazer aquilo, esse é o meu presente de volta para o Steven." E para nós.

A campanha de divulgação de Jurassic World vêm melhorando nos últimos dias, tanto nos Estados Unidos como no Brasil. Além da divulgação dessa matéria na EW, houve o lançamento do clipe na MTV, a exibição do segundo spot no MTV Movie Awards, e outras diversas imagens promocionais do filme que vêm sendo liberadas através das redes sociais do filme. Portanto, fiquem ligados no nosso Facebook para saber de tudo da divulgação e continue conosco aqui em nosso site, que está com um visual novo!

Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros estreia nos cinemas brasileiros em 11 de junho.

Matéria original: Entertainment Weekly;
Tradução: Mundo Jurássico BR.
Compartilhar no Google Plus

Sobre os autores


Victor Nunes é o fundador da rede Mundo Jurássico BR. Com 18 anos de idade, reside em Guarulhos/SP, cursa Engenharia de Produção pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e é fã de Jurassic Park desde seus 8 anos, além de curtir outras produções de cinema e televisão da cultura pop. | Facebook | Twitter

Bruno Fernando é editor do Mundo Jurássico BR desde junho de 2015. Apaixonado pelo clássico de Spielberg desde criança, conheceu o romance original de Michael Crichton na adolescência e hoje, com 18 anos, se considera um fã de cultura pop e futuro jornalista.
    Comentários do Blogger
    Comentários do Facebook

0 comentários :

Postar um comentário