Crítica | Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros

Uma grande homenagem e um grande reinício da série Jurassic Park! 22 anos depois do filme original, e 14 anos depois do último filme, estreia Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros nos cinemas. Claramente, o longa não é, e nem pretende ser melhor que Jurassic Park: O Parque dos Dinossauros. Recheado de referências ao seu precursor, O Mundo dos Dinossauros é belo, é assustador, é grandioso, é nostálgico, e é emocionante.




O enredo, como todos que acompanham o site sabem, conta a história de um parque de dinossauros que está funcionando há 10 anos, fruto de uma ideia de John Hammond e do trabalho de Simon Masrani (Irrfan Khan), o dono do parque. O lugar é um sucesso, mas uma queda no número de visitantes começa a preocupar investidores, que solicitam uma nova atração, que lhes traga ainda mais lucro. É aí que Masrani e a gerente de operações Claire Dearing (Bryce Dallas Howard) solicitam ao laboratório do Dr. Henry Wu (B.D. Wong) que crie um novo dinossauro. Wu cria um híbrido chamado de Indominus Rex, um carnívoro maior que o T-Rex, e altamente inteligente. Claire chama o treinador de Velociraptors Owen Grady (Chris Pratt) para inspecionar o paddock do dinossauro, mas uma fuga surpreendente do dinossauro põe em risco a segurança do parque e a vida de mais de 20 mil visitantes. E em meio a tudo isso, o chefe da segurança Vic Hoskins (Vincent D'Onofrio) coloca em prática um plano arriscado que envolve Owen e seus Raptors.

Pois bem. O roteiro do filme é simples, bem amarrado, sem grandes furos. Há um bom "casamento" entre as cenas de ação e os momentos engraçados, que dão uma aliviada na tensão nos momentos certos. Os personagens são bem desenvolvidos, com destaque para Claire, que no início é toda certinha e arrumadinha, mas que durante o filme se solta e rouba a cena. O curioso, é que apesar de ela ser a grande personagem feminina de Jurassic World e Ellie Sattler ser a grande personagem feminina de Jurassic Park, eu não consegui comparar as duas. O que é um grande feito. Claire consegue criar seu próprio espaço na franquia, sem ficar atrás ou ser comparada com nenhuma outra. O mesmo é válido para Owen e os garotos Zach (Nick Robinson) e Gray Mitchell (Ty Simpkins). Por falar nesses garotos, o relacionamento entre eles foi muito bem desenvolvido durante o filme, e isso foi uma grande e agradável surpresa, principalmente se referindo ao Zach, que parecia que viria a ser um "peso" para o filme.



Grande parte deste fato de os personagens serem tão bons, foram as atuações. O elenco é muitíssimo bom. Os garotos são talentosos, Chris Pratt consegue segurar muito bem o drama do personagem, e Bryce, como dito anteriormente, rouba a cena. Na verdade, ela é mais protagonista até do que o próprio Pratt. Irrfan Khan está também muito bem em seu papel, bem como Vincent D'Onofrio, que segura bem o papel de "vilão". Wu retorna, mas aparece pouco, embora seja um personagem de grande importância neste momento e deva retornar como um dos principais nos próximos filmes da série. Aliás, Wu está bem fiel ao livro, tendo inclusive um diálogo com Masrani que lembra muitíssimo um diálogo dele com Hammond no romance.

A trilha sonora é um ponto que eu esperava um pouco mais. Criei muita expectativa com as duas primeiras músicas divulgadas, e a principal, "As The Jurassic World Turns" é realmente incrível. Mas em alguns momentos do filme, as músicas não se encaixaram bem. O tema original de Williams foi utilizado em momentos errados, por exemplo. Como já dito, eu gostei muito do novo tema criado por Michael Giacchino. Acredito que, como um todo, a trilha sonora de Jurassic World supere em muito a de Don Davis em Jurassic Park III, mas fique atrás dos dois primeiros longas da série.




O visual do filme, no geral, é bonito. Trevorrow usou várias tomadas amplas, abusando de efeitos especiais, e os cenários são bem complexos. Que o diga a Rua Principal, que abriga diversas lojas de tudo quanto é tipo. Mas falando especificamente dos efeitos especiais, eles tem um lado ruim e um bom. Os cenários das tomadas amplas parecem muito artificiais na maioria das vezes. A estação do monotrilho é um exemplo, bem como o Aviário. A exceção é o entorno da Rua Principal, que, apesar de ser em CG, não decepciona. Mas o lado totalmente bom dos efeitos especiais são os dinossauros. Todos eles estão perfeitos. Principalmente o Indominus. Os tão aclamados animatrônicos do primeiro filme foram muito bem substituídos em Jurassic World. Os robôs gigantes limitavam muito os movimentos dos animais em tela, e esse é um ponto em que o quarto filme vence todos os anteriores.

O terceiro ato do filme é de disparar o coração e lacrimejar os olhos, sendo a maior homenagem feita ao filme original dentro de Jurassic World, e com cenas de ação empolgantes, e um final simplesmente épico, além de, é claro, deixar uma pontinha (ou pontona) para uma sequência que certamente — e tomara — virá.


O objetivo de Jurassic World é relembrar o passado e abrir portas e espaço para uma nova geração de fãs, para assim, garantir o presente e o futuro da série. A pergunta é: esse objetivo foi alcançado? A resposta está no subtítulo brasileiro do filme: O MUNDO É DOS DINOSSAUROS!

Compartilhar no Google Plus

Sobre os autores


Victor Nunes é o fundador da rede Mundo Jurássico BR. Com 18 anos de idade, reside em Guarulhos/SP, cursa Engenharia de Produção pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e é fã de Jurassic Park desde seus 8 anos, além de curtir outras produções de cinema e televisão da cultura pop. | Facebook | Twitter

Bruno Fernando é editor do Mundo Jurássico BR desde junho de 2015. Apaixonado pelo clássico de Spielberg desde criança, conheceu o romance original de Michael Crichton na adolescência e hoje, com 18 anos, se considera um fã de cultura pop e futuro jornalista.
    Comentários do Disqus
    Comentários do Facebook

40 comentários :

  1. Critica muito boa, me empolgou ainda mais para ver o Filme !!!

    ResponderExcluir
  2. Pode ir sem medo amigo, é como o editor disse, quem não era fã...virou ou vai virar com certeza(minha esposa por exemplo rs)

    ResponderExcluir
  3. Critica perfeita, parabéns, Jw realmente e muito bom, vemos um renascimento da franquia a altura de jp, collin e toda a equipe estão de parabéns pelo resultado

    ResponderExcluir
  4. GRAÇAS A DEUS !!!!! O OMELETE FEZ UMA PÉSSIMA CRITICA CHEGANDO ATE A CITAR QUE O FILME É MACHISTA ....AI VEM ESSA CRITICA TOTALMENTE SÓBRIA ,IMPARCIAL , SEM SPOLIERS E PERFEITA ! PARABENS PELO TRABALHO ....A ESPERA POR ESSE FILME SE TORNOU UM PRAZER GRAÇAS AO TRABALHO DE TODOS VCS COM ÓTIMAS MATERIAS ....INFELIZMENTE AS PESSOAS ERRADAS TEM A OPORTUNIDADE DE FALAR MERDA (OMELETE NO CASO) VCS NO CASO MERECEM ESPANDIR SEU TRABALHO ...ABRAÇOS

    ResponderExcluir
  5. eu também vi,achei uma porcaria a crítica do omelete

    ResponderExcluir
  6. Leandro Martins M13 de junho de 2015 00:50

    Cara, não leia críticas do Omelete, aqueles caras NÃO são críticos de cinema, não entendem nada de cinema, fazem críticas absolutamente infantis e toscas levando em conta somente opinião e achismo pessoal. Nunca vi eles fazendo análises sérias com critérios técnicos e objetivos. Eles só dão opiniões subjetivas e sem fundamento técnico em cinema.

    ResponderExcluir
  7. Leandro Martins M13 de junho de 2015 00:52

    Assisti hoje no cinema e posso te dizer uma coisa: ABSOLUTAMENTE
    INCRÍVEL!!!!! Vou assistir amanhã de novo! Cara, MUITO ACIMA das minhas
    expectativas. Achei o melhor dos quatro filmes. Sim, você não leu errado,

    achei melhor que o próprio Jurassic Park de 1993. Enredo melhor,
    roteiro bem amarrado, final absurdamente fantástico, cenas de ação de
    tirar o fôlego. Teve referências aos três filmes da franquia e ainda por
    cima colocaram vários elementos novos indiretamente já previstos nos
    livros. Os dois melhores filmes que vi esse ano até agora foram Mad Max e
    Jurassic World.

    ResponderExcluir
  8. Leandro Martins M13 de junho de 2015 00:56

    Assistam SEM MEDO DE ARREPENDER. O FILME CUMPRE TUDO QUE PROMETEU. ALIÁS, SURPREENDE MUITO! Assisti hoje no cinema e posso te dizer uma coisa: ABSOLUTAMENTE
    INCRÍVEL!!!!! Vou assistir amanhã de novo! Foi MUITO ACIMA das minhas
    expectativas. Achei o melhor dos quatro filmes. Superando em alguns momentos até mesmo o Jurassic Park de 1993. Enredo melhor,
    roteiro bem amarrado, final absurdamente fantástico, cenas de ação de
    tirar o fôlego. Teve referências aos três filmes anteriores da franquia e ainda por
    cima colocaram vários elementos novos indiretamente já previstos nos
    livros. Ocorreram diversas homenagens, referências incríveis, cenas nostálgicas. Os dois melhores filmes que vi esse ano até agora foram Mad Max e
    Jurassic World.

    ResponderExcluir
  9. vdd leandro martins ....e não me surpriende o fato de ser melhor q o grande classico de 1993 ...os avanços tecnologicos e tecnicos que a industria cinematografica possui hoje concederam e colaboraram muito para isso ...muita gente não vai adimitir e eu ate os compriendo.. MAS JURASSIC WORLD rivaliza e até supera o nosso querido JURASSIC PARK de 1993 ..o que.não é demerito algum ...simplismente a tecnologia deu oportunidade para a OUSADIA (NO MELHOR SENTIDO) para cenas de ação impactantes e perfeitas ...e a trilha sonora ...meus olhos suaram ....rsrs

    ResponderExcluir
  10. vdd cara ....a vagabunda com uma saia até o umbigo disse que a claire fica pelada no fim ...?!?! só por q tirou o paletó ...RECALQUE .

    ResponderExcluir
  11. Victor Nunes, a velociraptor que devorou o Vic Hoskins não é a Blue.

    ResponderExcluir
  12. É, eu não tenho certeza, Maikel. Realmente não sei qual das quatro é. Da próxima vez que assistir vou prestar mais atenção. Você conseguiu perceber qual é?

    ResponderExcluir
  13. Eu vi o veredito do Omelete. Já desde algum tempo não tenho gostado do site e do canal. Eu gosto de filmes de super-heróis, são legais. Mas eles SÓ FALAM DISSO. Chegou a um ponto que eu fiquei cansado. E agora eles me vem com essa de que o filme é "sexista"? Pelo amor de Deus! Agora se uma mulher ficar de regata num filme, este é sexista? Ninguém reclamou do Chris Pratt sem camisa em 'Guardiões', não é? Ninguém reclama das repetidas cenas da Viúva Negra de insinuação "sexual", né? Às vezes, as pessoas exageram no que falam. O Omelete agora perdeu de vez um seguidor do site/canal deles.

    ResponderExcluir
  14. Leandro Martins M13 de junho de 2015 08:40

    Ah, bem aquela gata podia ter ficado pelada mesmo. :x haaahaha

    ResponderExcluir
  15. Leandro Martins M13 de junho de 2015 08:50

    Eu assisti sem preconceito e sabendo que esse filme foi feito para apresentar a franquia para uma nova geração de fãs. A nostalgia não vai deixar os fãs admitirem que o filme equipara ao primeiro e inclusive o supera em inúmeros aspectos, principalmente por esse filme seguir a mesma fórmula fazendo releitura do primeiro. Eu considero essa continuação um perfeito reboot para apresentar a franquia para a nova geração.

    ResponderExcluir
  16. Leandro Martins M13 de junho de 2015 09:05

    Acabei de ver pessoas reclamando em outro site da computação gráfica de novo e dizendo o absurdo "o primeiro filme era mais real, mimimimimi"... Será?

    ResponderExcluir
  17. Cara eu acho que esse filme tá num empate técnico com o primeiro,não achei nem melhor nem pior achei no mesmo nível ou seja,MAGNÍFICO

    ResponderExcluir
  18. É, muitas pessoas estão usando este [péssimo] argumento de que os dinos do primeiro filme eram mais reais. Os efeitos de Jurassic Park foram revolucionários e são comparáveis aos atuais em certos pontos. Mas não melhor. Aposto que as pessoas que dizem que os efeitos de JP são melhores fazem anos que não veem o filme.

    ResponderExcluir
  19. Particularmente, eu daria no máximo 3 estrelas. Quase não teve efeitos práticos e há CGI do 1º filme que supera o do 4º (cena do T-Rex no final do 1º e braquiossauro visto na paisagem ao longe, por exemplo). Que Colin não volte para Jurassic - já não vai voltar, pelo o que eu li.

    ResponderExcluir
  20. Opa, desculpa a demora. ATENÇÃO, LEITORES... SPOILERS!!! Sim, dá pra identificar pela aparência dela que foi a Delta (ela é verde e não tem as listras que a outra raptor verde tem as listras), a mesma raptor que odeia o Vic (que vc viu em duas ocasiões: a primeira na parte de manhã em que o Barry deixou o Vic acariciar ela, que grunhiu diante dele; a segunda à noite quando estão implantando câmeras nas raptores, o Vic dá um "oi" na frente da raptor Delta, que ainda grunhiu de nervoso). Logo então, no laboratório, a Delta aparece para dar um fim nele.

    ResponderExcluir
  21. Esse filme foi foda!!! Saí do cinema com vontade de ver mais e mais, fiquei decepcionado quando o filme acabou rsrs..
    A parte dos pterodáctilos atacando a assistente foi a melhor do filme, filme divertido demais.

    E quanto as críticas, todo mundo sabia que não teria uma história tão elaborada afinal já é o quarto filme da franquia, então esse filme ter que ser visto mais como uma diversão.

    ResponderExcluir
  22. Stan Winston morreu Só ele poderia fazer Dinos Robos com qualidade hoje em dia, Filme Muito bem produzido Fechou com chave de ouro, E que "não venha com JW2".

    ResponderExcluir
  23. só uma curiosidade, como vc sabe que é a mesma rex do primeiro filme?

    ResponderExcluir
  24. Na verdade, foi um pequeno "errinho" do filme não ter mencionado isso. Mas o Trevorrow confirmou isso em entrevista (http://www.cinemablend.com/new/Jurassic-World-Confirms-Appearance-By-One-Badass-Jurassic-Park-Star-71157.html) e isso é citado no site (http://br.jurassicworldintl.com/park-map/tyrannosaurus-rex-kingdom/).

    ResponderExcluir
  25. É verdade, faz sentido ser ela por esses dois outros momentos do filme. Boa observação!

    ResponderExcluir
  26. Leandro Martins M15 de junho de 2015 02:34

    A pergunta que estava fazendo a mim mesmo: "E agora? O que Henry pretende com os embriões? O que aqueles caras da Ingen farão com os equipamentos? Como será a continuação? Eles vão tentar usar dinossauros como armas?"

    ResponderExcluir
  27. Leandro Martins M15 de junho de 2015 02:38

    Isso mesmo.

    ResponderExcluir
  28. O filme é muito bom, uma bela homenagem ao original de 93. Porém, sou
    fanático por dinossauros e senti que o filme deixou a desejar em alguns
    aspectos, tais como:

    * Mais foco nos dinossauros herbívoros. Eles
    sempre foram meio que elementos de paisagem nesta franquia. Ainda que
    alguns tenham sido utilizados em algumas cenas de ação, como os
    estegossauros no segundo e os anquilossauros nesse, a maioria some
    quando os carnívoros começam a botar o terror e protagonizar o filme.

    *
    Número reduzido de espécies. Quer dizer, pra que colocar aquele monte
    de espécie nova no site oficial se no fim vão aparecer basicamente as
    mesmas dos outros filmes? As únicas novas foram o Apatossauro, o
    Mosassauro e o Dimorphodon. O Indominus não conta pois nunca existiu.
    Talvez aquele Pteranodon seja de uma espécie nova pois é bem diferente
    que os dos outros filmes, então vamos contar como uma nova espécie.
    Sendo assim, tirando o Indominus, introduziram apenas 4 espécies novas. O
    Mundo Perdido introduziu 5 (Seismossauro, Estegossauro,
    Paquicefalossauro, Procompsognatus e Pteranodon). Jurassic Park III
    introduziu outros 5 (Espinossauro, Anquilossauro, Ceratossauro,
    Coritossauro e um Pteranodon bem diferente do segundo). Por outro lado,
    foi o filme onde mais espécies apareceram, 13 no total. Mas algumas,
    como o Paquicefalossauro e o Galimimus foram tão de relance que nem
    contam direito. Ficaram faltando, segundo o site, o Edmontossauro, o
    Suchomimus, o Barionix, o Metriacantossauro e o Microceratus.

    * A
    finalidade da Área Restrita. Pra que um muro separando a Área Restrita
    do resto da Ilha se lá não tem dinossauro nem um? Rumores diziam que lá
    existiria um grupo de velociraptores ou talvez alguns dilofossauros.
    Mas, segundo o filme, só tem ruínas do primeiro parque. Pra que o muro
    então? E pra quê deixar as ruínas do Jurassic Park se não for para
    preservá-las? Que demolissem tudo então!

    * As atrações do parque.
    Ainda no site oficial do filme, há um mapa interativo que mostra todas
    as atrações do parque. Há locais como o Jardim Botânico com espécies
    pré-históricas, a Floresta de Bambu, o Território dos Tricerátops, a
    Arena dos Paquicefalossauros, o Teleférico, o Campo de Golfe, dentre
    outras. Quer dizer, faltou mostrar muita coisa! E do que que foi
    mostrado, muita coisa foi só de relance. O Cruzeiro Cretáceo, por
    exemplo, apareceu por segundos! O Vale dos Galimimus também. Se tivessem
    deixado a ação um pouquinho pra depois, daria pra ver melhor esses
    lugares e suas espécies.

    O problema pra mim, foi o expectativa
    gerada pelo ótimo site oficial. Esperava pelo menos ver o Barionix e o
    Dilofossauro, este último meu dino preferido. Mas o filme é ótimo e
    espero que a provável continuação nos traga novidades. Ainda espero ver
    um Terezinossauro e um Quetzacoatlus nesta franquia!

    ResponderExcluir
  29. Thiago Lee, concordo plenamente com sua crítica sobre o filme ter um número reduzido de espécies, acho que qualquer fã de dinossauros sentiu a mesma coisa que você, mas pro outro lado vimos novos animais como o Dimorphodon e o Mosassauro. Espero que na próxima sequência tragam espécies novas de herbívoros e outros terópodes também!

    ResponderExcluir
  30. Se fossem introduzir mais espécies, mostrar tudo que tinha no site, e ainda colocar animais na área restrita, o filme teria de ter pelo menos 3 horas de duração. O que o tornaria cansativo e com muita coisa jogada. Não adianta colocar elementos no filme só por colocar. Cada elemento do filme tem uma função, não está lá por acaso.

    ResponderExcluir
  31. Thiago Luiz Fiuza8 de julho de 2015 08:48

    em questão de especies,queria ter visto os braquiossauros (meus dinos favoritos), e acho que aqueles pterossauros são os mesmos dos filmes 2 e 3 (sim eles aparecem no 2, no final do filme), outra coisa que mi deixou muito triste foi o fato de não ter cenas de ação com herbívoros, no primeiro filme não tem, no segundo tem três as dos estegossauros a da caçada que até um paquicefalossauro ataca um cara e tal e um parassaurolofo é capturado, e a da vingança quando os dinos herbívoros são soltos, o triceratopes chega quebrando tudo e até o galimimus sai correndo atras de um carrinha (esse dino só tem cena correndo é incrivel...),esse talvez seja o filme com mais ação com herbívoros,no terceiro não tem nenhuma o primeiro até tem uma aquela com os galimimos mas não sei se pode ser considerada ação pq eles mesmo nã fazem nada... nesse ultimo teve a com os anquilossauros foi foda, achei que no 3 o anquilossauro podia aparecer no final para lutar contra o spinossauro mas nada aconteceu, os herbívoros somem das cenas de ação, sempre são sena mais calma do filme, outra coisa que fiquei meio triste foi o fato do apatossauro aparenta ser menor que a Rexy, tudo bem que os dinos nos filmes são modificados e tal, mas ele poderia ser maior os saurópodes sempre são aquela cena que vc para e pensa "poxa como são grades!", os outros saurópodes são colossais perto do apatossauro, fazem ele parecer um juvenil o braquiossauro que aparece no 1 e 3, e gigante a cabeça dele é quase do tamanho do Alan você percebe isso no filme 1 quando ele tenta alimentar o braquio, e o mamechissauro então (não acredito que aquele seja o seismossauro, outros fãs que mi confirmaram isso) quando ele aparece mds, que dino grande, ele é o clímax da cena da zona de caça tipo a adrenalina da cena vai aumentando até que explode com o mamachi! gostaria de ter visto uma cena com o dilofossauro, imaginei que teria uma tipo, ele chega cospe veneno em uma das raptoras e depois é morto, só pra da tempo das pessoas correram , seria melhor que só o holograma dele né, tbm queria uma cena com o ceratossauro gostei muito dele no jp3 e no jogo jpog (jurassic park operação gênesis) poxa achei ele foda, mas tirando isso amei muito filme e a cena final da luta com a Rexy foi tipo , jp vs jw, foi a melhor homenagem do filme a jp e a cena com o centro de visitantes do primeiro filme, cara eu chorei, chorei na luta com a Rexy, chorei com a musica, meus olhos lagrimejavam com cada uma das referencias, e quando a Rexy grita no final e abrem as luzes do cinema, mds que cena épica vou guardar pro resto da minha vida :')

    ResponderExcluir
  32. Thiago Luiz Fiuza8 de julho de 2015 09:05

    imagina, que o tempo todo a ingen tinha um outro proposito com os dinos, eles sempre quiseram eles como armas, tudo encobertados pelo sonho do Jonh, Jonh queria mesmo criar um parque mas o tempo todo a ingen estaria tentando usar os dinos como armas, isso explicaria os fato dos raptores não ter penas, pq eles estavam send feitos para lutar, explicaria pq os raptores de 3 tinham penas, eles estariam continuando os testes até perfeiçoar os raptores, eles conseguiram já que no 4 filme os raptores já são bem inteligentes e tem um alfa humano, e tbm o fato do spino e da i-rex, tipo o que aconteceu em san diego foi serviu como um teste de campo, o que eles viram talvez não tivesse o satisfeito, então criaram um spino bombadão como uma arma melhor, não satisfeitos com o spino mesmo sendo mais forte que um t-rex, criaram o i-rex, a arma perfeita inteligente e forte, com mãos grandes igual a um spino, assim como ele ela poderia usar as mãos na luta, se camuflava (como os carnotauros no livro), e super inteligente, se tornava uma arma perfeita em campo, nenhum radar pode a encontrar, ta vendo? perfeita para a guerra! a INGEN é uma empresa sombria e acredito que Dr. Wu saiba de tudo e mais um pouco do que esta acontecendo, acho que sabia desde o inicio, mentiu para Jonh todo esse tempo,se aproveitando do sonho de Jonh para criar seus monstros para a guerra, e Jonh foi apenas um fantoche nas mãos da ingen, talvez por isso o logotipo da ingen seja "nos fazemos o seu futuro"

    ResponderExcluir
  33. deu para ver quer era só CG esses dinossauros chateado n tem uma fisica ainda tão boa quantos os antigos por causa dos animatrônicos, o filme n é ruim até pq adora jurassic parck mas faltou aquele nivel de realismo misturando animatrônicos com CG era oitmo ,era dificil de percebe o que era animatrônicos ou CG em maior parte do jurassic parck 3, tipo esse jurassic world aquela parte do filme do Mosassauro aquele cenario da para ver que ficou muito CG principalmento o Mosassauro dava para sentir que ele n tava no cenario .

    ResponderExcluir
  34. Bruno Cezar Scarpati21 de julho de 2015 23:39

    pra filme é +ou-,não vá esperando spinossauro,fugas de velociraptor cenas de correr com pessoas morrendo,como no 2º filme,este é mais light,mesmo as famosas cenas de velocipartor,ele matam ouns caras que es~toa caçando(spoiler) bom mais isso não émisterio ,em todos tem até no 3,mas o do 3 é muito mais tenso,prefiro o 2º e o 3º o 4º é bom masm não tem muita correria e cenas com t rex,raptores ou pteranodons,o que eles fazem no filme e machucar as pessoas e um triceratops,nossa,aquilo não precisava,muito forçado,mas os melhores são os anteriores,que mostram o lado selvagem e cruéis dos dinossauros

    ResponderExcluir
  35. Bruno Cezar Scarpati21 de julho de 2015 23:40

    mesmo tendo uma cenas emocionante,não é lá dos outros filmes

    ResponderExcluir
  36. Bruno Cezar Scarpati21 de julho de 2015 23:54

    não é com mortes,fugas,muitos cenários de florestas como no mundo perdido,sensação que os personagens vão morrer,porque é difícil ter o que teve,já foi bom,o filme não é muito longo,como o mundo perdido,que foi o melhor ate o t rex na cidade causando destruição e mortes,e olhe que a duração deste foi muito longa,o 3º também teve uma longa duração entre cenas a e muitos cenários,mas o novo nem é tão assim,tem um easter egg aqui outro dali,e vai,bom quem gosta de ver dinossauros brigando e matando humanos ainda vai ter muito,mas é só isso,tipo ficou ruim por causa da tecnologia do parque preferia,quando era o 1º ,para dar o cagaço de usar coisas que estivessem na frente,ai seria bom,indominus rex?que perda de tempo é este dinossauro,porque não um alossauro,ginganotossauro, charcarodontossauro,e porque o indominus não foi uma mistura apenas do gigantes e letais?

    ResponderExcluir
  37. Bruno Cezar Scarpati21 de julho de 2015 23:55

    15 metros?tinha dinossauros maiores

    ResponderExcluir
  38. Bruno Cezar Scarpati22 de julho de 2015 00:00

    o filme é bom mas falta muita coisa

    ResponderExcluir
  39. Thiago Luiz Fiuza23 de julho de 2015 12:22

    repara nas cicatrizes dela

    ResponderExcluir
  40. Marcelão De Moraes23 de julho de 2015 17:31

    posso deixar minha opinião do JW aqui com vocês?

    https://deuvontadededizer.wordpress.com/.../jurassic.../

    Obrigado

    ResponderExcluir