Nick Robinson fala sobre sua experiência em 'Jurassic World' e sequências!



Nick Robison pode ser considerado um dos atores mais sortudos no planeta. Um de seus primeiros papéis no cinema foi como Zach em  Jurassic World, o quarto filme da série que surgiu em 1993 com  Jurassic Park, sucesso de Steven Spielberg. 

Jurassic World tornou-se o terceiro filme de maior arrecadação de todos os tempos nesse verão americano e o sucesso e legado da franquia de dinossauros não passou despercebido por Robinson. O humilde ator participou da New York Comic Con no fim de semana e comentou sobre o futuro da série, o futuro de seu personagem, lutar com dinossauros e o quanto é legal fazer parte de uma franquia icônica.

Quais as novidades sobre as sequências de Jurassic World e da franquia? O que você pode nos contar?
Nick Robinson: Eu não sei. É tudo muito secreto, mas eles estão com certeza planejando algo bom. Eu tenho certeza que terá muitos novos dinossauros, novos personagens e eu sei que Chris e Bryce retornarão, mas está tudo muito no ar ainda. 

O que você gostaria de ver no futuro do seu personagem?
Nick Robinson: Eu gostaria de ver aquela relação fraterna entre o Zach e Gray crescer um pouco mais para que eles se deem melhor. Talvez Zach e Gray possam se tornar membros secretos da marinha e virarem treinadores ou lutadores de raptors.

Quantas vezes você já assistiu ao filme original, especialmente a famosa cena na cozinha?
Nick Robinson: Ah, essa é a melhor! Primeiramente, a cena completa está no Youtube então isso facilita. Eu provavelmente assisti ao filme original uma dúzia de vezes. Nós não o ignoramos. Nem o elenco nem o Colin [Trevorrow] (diretor de Jurassic World) ignorou que o fato do filme significar muito para muitas pessoas e ter uma história que remonta vinte e dois anos. Nós estávamos muito animados para fazer parte desse legado e carregar a tocha. Colin se certificou que, apesar [desse filme] ser uma nova criação, que ele nós não nos esquecêssemos que fazíamos parte de um legado. Foi muito legal chegar ao set todos os dias e escutar a música [de Jurassic Park].

Você imaginava que o filme seria tão bem sucedido?
Nick Robinson: Eu acho que ninguém esperava que o filme tivesse o sucesso que teve. Você tem esperanças, obviamente, mas ninguém pensa "nós estamos fazendo o terceiro filme de maior arrecadação de todos os tempos" (risos). Foi maluquice e eu estou muito contente com a reação das pessoas.

Qual é o seu dinossauro favorito?
Nick Robinson: Eu tenho que dizer o velociraptor, honestamente. Eles são clássicos. Tem aquela cena em que eles estão batendo a garra no chão da cozinha e eles me conquistaram ali.

O que você acha que chama atenção do público em um parque temático jurássico? 
Nick Robinson: É aquele medo, aquela sensação pré-histórica, primitiva que nós não estamos mais no topo da cadeia alimentar. É uma ideia interessante de se usar e o fato desses animais realmente terem existido... eu acho que o chamativo é parte da história tomar vida.

Você esteve no mundo todo, onde estão os melhores ou mais loucos fãs?
Nick Robinson: Hm, talvez o Japão tenha sido o extremo. Eu não sei, é estranho porque... todo mundo está animado, mas eles são muito educados e reservados. Aqui nos Estados Unidos você vai à estreia de um filme e as pessoas estão gritando. Lá no Japão é um silêncio... mas todo mundo acena para você. É loucura. É diferente de tudo que eu já experienciei na minha... vida.

Como foi assistir a Jurassic Park pela primeira vez?
Nick Robinson: Não é como se fosse um filme independente ou algo assim. Não é como aquele filme legal que você se depara e fica "oh, você já assistiu a Jurassic Park?" (risos). Mas é definitivamente parte da minha infância. Enquanto eu crescia, ele estava na coleção de VHS e DVDs. Quando você o assiste pela primeira vez ele te transporta para um mundo mágico do cinema. [O compositor de Jurassic Park] John Williams sabe como jogar algumas notas e fazer você se sentir de certo modo. É muito legal fazer parte disso. Eu acho que todos os filmes de Williams têm um senso de que algo grande está acontecendo enquanto você os assiste.


Você tem algum objeto da franquia? Você pegou algo do set?
Nick Robinson: Eu peguei alguns animais de pelúcia da loja de conveniências, e tinha uma maquete de raptor, mas eles tinham muitas... coisas que estavam estocadas na rua principal. Então nós andávamos entre as lojas, que eram funcionais. Foi estranho, honestamente. Uma vez que tudo foi destruído, você podia... procurar entre os destroços e ver o que encontrava. Então, é, alguns animais de pelúcia e um par de óculos escuros. Só de saber que são do set os fazem legais.

As sequências anteriores de Jurassic Park fugiram um pouco da história de parque temático; você quer que as próximas sequências mantenham essa história?
Nick Robinson: Eu diria que é difícil superar o filme original. Você sabe, se não está quebrado, não conserte. Então, você talvez queira continuar com essa história. Eu penso que o filme estava em sua forma verdadeira. Ele era muito emocionante e você podia sentir isso nas suas terminações nervosas.

Você já se encontrou com Steven Spielberg?
Nick Robinson: Eu tive a chance de encontrar Spielberg uma única vez e foi insano. Foi algo bem rápido. Foi um aperto de mão. Eu estava surtando um pouco. E ele estava tipo "acho que você cresceu" e eu estava "é, eu cresci". Eu não sabia o que dizer.

Você está feliz por entrar na franquia um pouco mais velho? Você será um adulto em breve e vai arrebentar logo, não?
Nick Robinson: Eu espero que sim. Veremos. Eu não sei o que vai acontecer com a franquia. Eu acho que vai demorar alguns anos até que as coisas venham a tona, mas é, eu gostaria de arrebentar. Seria divertido!

Você acha que seu personagem vai ser como o do Chris Pratt, um encantador de raptors?
Nick Robinson: Talvez, isso seria bem corajoso. É, aprender a linguagem secreta dos raptors.

Por que você acha que os humanos têm a necessidade de enjaular dinossauros?
Nick Robinson: Essa é uma boa pergunta. Eu acho que é da natureza humana querer dominar tudo, dominar o nosso ambiente.

T. rex ou Indominus rex?
Nick Robinson: T. rex! Sem dúvidas, sem dúvidas.

Fonte: ScreenRant.
Compartilhar no Google Plus

Sobre os autores


Victor Nunes é o fundador da rede Mundo Jurássico BR. Com 18 anos de idade, reside em Guarulhos/SP, cursa Engenharia de Produção pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e é fã de Jurassic Park desde seus 8 anos, além de curtir outras produções de cinema e televisão da cultura pop. | Facebook | Twitter

Bruno Fernando é editor do Mundo Jurássico BR desde junho de 2015. Apaixonado pelo clássico de Spielberg desde criança, conheceu o romance original de Michael Crichton na adolescência e hoje, com 18 anos, se considera um fã de cultura pop e futuro jornalista.
    Comentários do Blogger
    Comentários do Facebook

0 comentários :

Postar um comentário