Indominus rex possuía DNA humano?

Nessa semana, a Universal Pictures divulgou um infográfico revelando, de maneira definitiva, toda a composição do DNA do Indominus rex, o híbrido geneticamente modificado de Jurassic World

Segundo a imagem, a mandíbula esmagadora do Indominus rex provém do DNA de Tiranossauro rex, que tem uma mordida com força de quase 6 toneladas. As cavidades especiais no crânio do dinossauro vieram do código genético de uma cobra da família Crotalidae e servem para identificar sinais térmicos de animais no escuro. Já sua inteligência é originada dos velociraptores, o que torna a Indominus capaz de se comunicar com essa espécie de dinossauros.

Os carnotauros são responsáveis pela osteoderma, depósitos ósseos em forma de placas na camada dérmica da pele da Indominus rex, que servem como um escudo ou armadura para as áreas vulneráveis do corpo. Os braços compridos, habilidosos e com garras são provenientes do therizinossauro, e sua habilidade de se camuflar, da lula.

O tamanho do animal (12 metros de comprimento) é devido ao DNA de gigantossauro e sua habilidade de controlar a sua própria temperatura corporal para não ser detectada por câmeras termais vem do DNA de uma rã que costuma viver em árvores.

O mais interessante, porém, é que o infográfico não informa de que animal provém o DNA que deu a Indominus rex polegares opositores, chamando a fonte de "um mistério não desvendado". Isso nos faz especular se o dinossauro possuía DNA humano, já que nós somos a principal espécie a possuir esse dedo. O filme deixa claro que o doutor Henry Wu queria inovar "antes que alguém inovasse", então não seria uma grande surpresa se ele estivesse experimentando misturar o DNA de seres humanos com os de dinossauros, que é inclusive algumas das ideias descartadas para o antigo Jurassic Park IV, antes de se tornar Jurassic World como o conhecemos.

Além dos primatas, alguns marsupiais também possuem esse dedo e é possível que os polegares estejam presentes devido a mistura do código genético de outros dinossauros como o troodonte, bambiraptor ou Nqwebasaurus thwazi, que também o possuíam. 

Confira o infográfico, em inglês, abaixo:



Compartilhar no Google Plus

Sobre os autores


Victor Nunes é o fundador da rede Mundo Jurássico BR. Com 18 anos de idade, reside em Guarulhos/SP, cursa Engenharia de Produção pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e é fã de Jurassic Park desde seus 8 anos, além de curtir outras produções de cinema e televisão da cultura pop. | Facebook | Twitter

Bruno Fernando é editor do Mundo Jurássico BR desde junho de 2015. Apaixonado pelo clássico de Spielberg desde criança, conheceu o romance original de Michael Crichton na adolescência e hoje, com 18 anos, se considera um fã de cultura pop e futuro jornalista.
    Comentários do Blogger
    Comentários do Facebook

0 comentários :

Postar um comentário