[Dia da mentira] Híbridos de humanos e dinossauros confirmados em Jurassic World 2!

J.A. Bayona, diretor do quinto filme da franquia Jurassic Park, revelou hoje em seu perfil no Twitter uma arte conceitual do longa-metragem que mostra híbridos de dinossauros com humanos. A postagem veio acompanhada da frase "Indominus Rex era apenas o começo."



O rumor da inclusão desse tipo de criatura na série circula pela internet desde 2004, após o roteiro de John Sayles para Jurassic Park IV vazar. As ideias de Sayles foram, de certa forma, reaproveitas em Jurassic World (2015), mas os híbridos de humanos com dinossauros sempre foram rechaçados pela comunidade de fãs, mas parece que nossos piores pesadelos se tornaram realidade.

Se o novo filme seguir mais ainda o roteiro de Sayles, é possível que tais criaturas ainda carreguem armas e sejam utilizadas como mercenários ou para caçar grandes traficantes de drogas nas florestas da América Central.

Muitos usuários já estão questionando a decisão de Bayona e também do roteirista Colin Trevorrow de incluírem tais híbridos na sequência, mas acreditamos que seja tarde demais para alguma modificação no roteiro. A presença desse ponto da trama pode ter sido imposta aos realizadores pelo estúdio Universal ou por Steven Spielberg, que sempre foi adepto à ideia.

O que você acha dos híbridos de humanos com dinossauros? Será que a ideia será bem aproveitada e nos surpreenderemos nos cinemas?

Jurassic World 2, ainda sem título oficial divulgado, estreia em junho de 2018.

Fonte: twitter.com/filmbayona


Compartilhar no Google Plus

Sobre os autores


Victor Nunes é o fundador da rede Mundo Jurássico BR. Com 18 anos de idade, reside em Guarulhos/SP, cursa Engenharia de Produção pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e é fã de Jurassic Park desde seus 8 anos, além de curtir outras produções de cinema e televisão da cultura pop. | Facebook | Twitter

Bruno Fernando é editor do Mundo Jurássico BR desde junho de 2015. Apaixonado pelo clássico de Spielberg desde criança, conheceu o romance original de Michael Crichton na adolescência e hoje, com 18 anos, se considera um fã de cultura pop e futuro jornalista.
    Comentários do Blogger
    Comentários do Facebook

0 comentários :

Postar um comentário