Por trás de "Jurassic World" — Parte II


 PARTE 2 — AS PERSONAGENS


As duas primeiras sequências de Jurassic Park trouxeram de volta, de forma implausível, Sam Neill e Jeff Goldblum para serem perseguidos novamente por dinossauros. Os roteiristas de Jurassic World decidiram rapidamente que não havia lugar no novo parque temático para veteranos da franquia, exceto um rosto familiar. Bem, dois se você contar o Mr. DNA.

"Humphrey Bogart e Katharine Hepburn [protagonistas do filme Uma Aventura na África] eram dois grandes idiotas?"
TREVORROW: "As pessoas falam sobre como elas querem o Alan Grand e Ian Malcom de volta. Mas nós sentimos que havia outros modos de te fazer sentir a nostalgia. Mostrar a pessoa, 25 anos mais velha, talvez faça você se sentir velho e lembrar que você está em uma lenta marcha em direção à morte, assim como o resto de nós!"

CONNOLLY: "Nós só traríamos de volta os personagens se a história exigisse isso. Não 'como nós vamos encaixar isso e aquilo?'. Doutor Wu faz sentido. Ele é o especialista no assunto, então é claro que eles o trariam de volta."

B.D. WONG (HENRY WU): "Eu não levei Jurassic Park tão a sério quando eu participei 22 anos atrás. Na verdade, eu fiquei desapontado que o personagem complexo e interessante do livro não foi levado ao filme. Eu tenho um amigo, Nathan, que é um grande fã da franquia, e por muitos anos disse: 'você verá - a história vai acabar voltando a você'. Ele tinha várias ideias de fan-fictions sobre como isso poderia acontecer. E aconteceu!"

TREVORROW: "O que Wu está tramando nesse filme? Coisas sombrias."

WONG: "Eu tenho que tomar cuidado com o que digo. Eu fui alertado. Posso dizer que ele é fundamental. Tem uma certa responsabilidade que ele compartilha com vários outros personagens pelo o que acontece no filme. É um papel mais interessante dessa vez. E eu tenho um jaleco mais bonito que se parece menos com uma roupa industrial. Eu já havia trabalhado com o figurinista Daniel [Orlandi], em The Normal Heart, e minha primeira pergunta foi, 'podemos fazer alguma coisa em relação ao jaleco?'".

B.D. Wong como Dr. Wu, o único personagem humano de Jurassic Park que retorna em Jurassic World.

"É como um filme de terror onde você não vê o monstro e cada pessoa o imagina da pior forma possível. Essa é uma boa descrição da história romântica de Owen e Claire!" — Bryce Dallas Howard

TREVORROW: "Quando nós escalamos Chris Pratt, não tínhamos ideia de que ele se tornaria o astro que ele é hoje. Eu apenas escalo atores para os personagens, assim como todos os filmes de Jurassic Park fizeram. E de algum modo nós acabamos com uma estrela do cinema."

CHRIS PRATT (OWEN GRADY): "Colin me viu em A Hora Mais Escura e pensou: 'esse é o tipo de cara que eu quero.' Owen era parte das operações especiais da marinha. Minha ideia era que ele havia trabalhado com golfinhos na operação de libertação do Iraque. Ele trabalha na periferia da ilha, estudando o comportamento desses raptores. Ele é cara robusto com essa motocicleta irada, que gosta de pescar, brigar e transar. Ele não bebe cerveja com frequência, mas quando bebe prefere Dos Equis."

BRYCE DALLAS HOWARD (CLAIRE DEARING): "Claire é a  gerente operacional do parque. Ela é funcionária de mais alto escalão. Enquanto que Chris interpreta um lobo solitário em seu simpático barraco."

PRATT: "Existe um passado entre nossos personagens levemente velado. Nós não sabemos exatamente o que rolou, mas eles tiveram um encontro."

HOWARD: Algo horrível aconteceu. Horrível.

PRATT: "Nós temos nossa própria teoria sobre o que aconteceu. É um segredo, mas o público pode tirar a conclusão que quiser."

HOWARD: "É como um filme de terror onde você não vê o monstro e cada pessoa o imagina da pior forma possível. Essa é uma boa descrição da história romântica de Owen e Claire!"

TREVORROW: "Há muito de aconteceu naquela noite aqui. Um homem malandro e uma mulher tensa, enviados a uma aventura em que nenhum deles necessariamente gostariam de estar envolvidos. É uma comédia romântica maluca da década de 1930, com dinossauros terríveis, sangue e morte."

PRATT: "O dia em que eu e Bryce fizemos o teste de câmera foi incrível. Filmamos em uma 16mm, com uma câmera antiga, campo de pouso em Oahu, Havaí, onde aviões decolavam durante a Segunda Guerra Mundial. Eu olho para Bryce e ela está com esse terninho branco e cabelo curto, e eu bronzeado com um pouco de graxa e olho nos braços. Você conseguia escutar o filme da câmera rolando e parecia que estávamos no set de Uma Aventura na África. Nós olhamos um para o outro e eu disse, 'Humphrey Bogart e Katharine Hepburn [protagonistas do filme Uma Aventura na África] eram dois grandes idiotas?'"

HOWARD: "Eu disse, 'Não. Eles não eram idiotas'.

Nick Robinson e Ty Simpkins na estreia de Jurassic World.
NICK ROBINSON (ZACH MITCHELL): "Bryce interpreta nossa tia. Embora na vida real ela é mais como uma figura materna. Um dia Ty se machucou, tinha cortes em sua perna toda. E Bryce apareceu e estava tipo, 'Oh, Ty', e esfregou a perna dele com sabonete. Ela é um amor."

TY SIMPKINS (GRAY MITCHELL): "Eu ainda tenho as cicatrizes."

ROBINSON: "Ty e eu nos conhecemos na audição. Eu pensei que ele já havia sido escalado como o irmão mais novo e ele pensou que eu já havia sido escalado como o irmão mais velho. Quando na verdade nenhum de nós tinha sido escalado ainda. Nós fizemos um teste de grito — esse é realmente o nome — que estava fora da minha zona de conforto. Mas ocorreu tudo bem."

SIMPKINS: "Eu gosto de gritar, é divertido."

ROBINSON: "A princípio Zach e Gray não se dão bem. Mas nada como uma experiência de quase morte para unir as pessoas."

TREVORROW: "Um dos meus principais objetivos era fazer com que as personagens crianças do filme não fossem irritantes. E acho que nós conseguimos."

Em breve: Parte III — Os Dinossauros

Compartilhar no Google Plus

Sobre os autores


Victor Nunes é o fundador da rede Mundo Jurássico BR. Com 18 anos de idade, reside em Guarulhos/SP, cursa Engenharia de Produção pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e é fã de Jurassic Park desde seus 8 anos, além de curtir outras produções de cinema e televisão da cultura pop. | Facebook | Twitter

Bruno Fernando é editor do Mundo Jurássico BR desde junho de 2015. Apaixonado pelo clássico de Spielberg desde criança, conheceu o romance original de Michael Crichton na adolescência e hoje, com 18 anos, se considera um fã de cultura pop e futuro jornalista.
    Comentários do Disqus
    Comentários do Facebook

9 comentários :

  1. Leandro Martins M25 de junho de 2015 12:08

    O livro the lost world é mais implausível ainda. SPOILER ALERTA!


    --->

    ------------------------------------------------------------------------------------------
    -------------------------------------------------------------------------------------------
    --------------------------------------------------------------------------------------------
    -------------------------------------------------------------------------------------------
    -------------------------------------------------------------------------------------------
    -------------------------------------------------------------------------------------------
    ------------------------------------------------------------------------------------------>

    No final do livro Jurassic Park de Michael Chricton, o personagem Ian Malcon é dado como morto. Isso simplesmente é ignorando no segundo livro...

    ResponderExcluir
  2. https://youtu.be/xzMOE0jajy4 .......não consigo parar de ouvir essa musica .. :,( ....me faz pensar que de alguma forma o filme termina um pouco triste ...sei la acho que o fato dos rapitors terem morrido e a blue ficar sozinha :,)

    ResponderExcluir
  3. ótima matéria alias ....

    ResponderExcluir
  4. Há uma fala em que ele diz que os "boatos de minha morte foram exagerados". Mas realmente, foi muito forçado.

    ResponderExcluir
  5. Essa trilha é ótima mesmo. Mas a música da cena em questão, de sua descrição, é a "Growl and Make Up".

    ResponderExcluir
  6. Leandro Martins M27 de junho de 2015 00:40

    Super forçado.

    ResponderExcluir
  7. Leandro Martins M27 de junho de 2015 00:53

    Belíssima música!

    ResponderExcluir
  8. Leandro Martins M27 de junho de 2015 00:55

    Essa música é de uma cena lá no começo do filme!

    ResponderExcluir
  9. Leandro Martins M27 de junho de 2015 00:58

    Bryce Dallas Howard? Delícia, gata.

    ResponderExcluir