Vejam o trailer final de "Jurassic World", novas entrevistas, e ideias para a sequência!

Quando pensávamos que não teríamos mais trailers, eis que surgiram dois novos neste sábado (6)! Os novos trailers não contém muitas novas cenas, incluindo muitas já vistas nos comerciais de TV e trailers anteriores, e algumas cenas estendidas. Vejam os dois trailers abaixo e algumas outras notícias dos últimos dias:



Masrani Global

O site da empresa por trás do Jurassic World foi atualizado com uma nova mensagem do CEO Simon Masrani. O bilionário se mostra animado em ver os cientistas do parque trabalhando na nova atração, o Indominus Rex. Já em acordo com o enredo do filme, Masrani fala sobre sua vinda ao Jurassic World, onde espera receber alguns visitantes especiais.


Entrevistas com Bryce Dallas Howard, Ty Simpkins, e Nick Robinson

No último dia 3, Bryce Dallas Howard foi convidada do programa The Tonight Show With Jimmy Fallon, onde Jimmy confirmou sua participação especial no filme, e sobre o filme em si.

"É a melhor ideia. Eu amo isso. Claro que eu já era fã de Jurassic Park, mas isso tudo é tipo... cada criança desse mundo vai adorar esse filme. Eu penso que a ideia é ótima, os atores são perfeitos, e o diretor... é fenomenal!"

Eles ainda falaram da cena do Petting Zoo, e Bryce revelou que o filho dela está na cena - é a criança que sufoca o dinossauro! Vejam a entrevista [em inglês]:


Também no dia 3, Ty Simpkins e Nick Robinson foram no programa Today Show para falar de seu novo filme. Os dois falaram da experiência nos sets de filmagens, da amizade que criaram lá, e Nick Robinson disse que apesar dos dinossauros serem em CGI, os sets eram bem detalhados, o que facilitou muito. Vejam a entrevista [também em inglês]:


Colin Trevorrow fala sobre ideias para Jurassic World 2

Por último, e não menos importante, o diretor Colin Trevorrow falou sobre a sequência de Jurassic World. Como já noticiamos anteriormente, a sequência já se encontra em desenvolvimento na Universal, e com as boas previsões de bilheteria que o filme tem, é muitíssimo provável que Jurassic World 2 receba sinal verde para produção em breve. Em entrevista ao Radio Times, Colin Trevorrow comparou a sequência à disputa tecnológica entre a Apple e a Microsoft.
"Seria no caminho de como são os nossos relacionamentos com animais no planeta nos dias atuais - existem animais que são mantidos em zoos, como o Jurassic Park, mas eles também são usados em agricultura, em medicina e em guerras. Nós somos o Alfa nesse momento e nós dominamos todos os outros animais. Mas quando você está com animais que foram Alphas neste planeta por muito mais tempo do que existiram conosco… Eu não sei realmente quem está no comando aí."
Colin confirmou que não pretende retornar como diretor nos próximos filmes, mas parece que ele [finalmente] teve a visão que outros ainda não haviam tido: Jurassic Park precisa ir para o continente.
Mas eu acho que um presente que eu pude deixar para um desses diretores foi de criar uma oportunidade de contar uma história que nos leve finalmente para fora dessa ilha, potencialmente. E não termos esses filmes continuamente sendo pessoas correndo de dinossauros em uma ilha, porque eu estou não sei até quando isso vai entreter a gente.”

Então, vamos aguardar e ver como foi criada essa "oportunidade" e como termina Jurassic World! Pelo jeito teremos a BioSyn [ou alguma outra empresa] envolvida! Saberemos em 4 dias! Porque o Mundo dos Dinossauros estreia em 11 de junho!

Fontes: Twitter, Masrani Global, The Tonight Show, The Today Show, Radio Times.
Compartilhar no Google Plus

Sobre os autores


Victor Nunes é o fundador da rede Mundo Jurássico BR. Com 18 anos de idade, reside em Guarulhos/SP, cursa Engenharia de Produção pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e é fã de Jurassic Park desde seus 8 anos, além de curtir outras produções de cinema e televisão da cultura pop. | Facebook | Twitter

Bruno Fernando é editor do Mundo Jurássico BR desde junho de 2015. Apaixonado pelo clássico de Spielberg desde criança, conheceu o romance original de Michael Crichton na adolescência e hoje, com 18 anos, se considera um fã de cultura pop e futuro jornalista.
    Comentários do Blogger
    Comentários do Facebook

0 comentários :

Postar um comentário