"Não será apenas na ilha", diz Colin Trevorrow sobre sequência de "Jurassic World"!

Já sabemos que em 2018 veremos um novo filme da franquia Jurassic Park e que o tema de atletas com salto alto horrorizados correndo pelas savanas e florestas será retomado mais uma vez. Ou não! Após a confirmação da Universal a respeito da sequência, Colin Trevorrow deu uma entrevista exclusiva falando sobre o anúncio e revelou alguns ~caminhos~ que o roteiro que ele e Derek Connolly escreverão pode seguir.


"Estando envolvido ou não com as sequências, eu senti que era minha obrigação definir qual seria a próxima história... e eu quero fazer o meu trabalho para criar uma trama rica, bem planejada e interessante. [Não será] apenas sobre dinossauros que perseguem as pessoas em uma ilha. Isso cansa muito rápido", revelou o diretor. "Eu tenho a ideia de que a sequência não vai se limitar a parques temáticos, e existem aplicações para esta ciência que vão muito além do entretenimento.

Não é algo que estava no livro, mas é uma semente que eu queria plantar neste filme... e se eles decidirem fazer mais com os dinossauros? E se essa ciência fosse open source? É quase como se InGen fosse o Mac, mas o PC quer colocar as mãos nessa tecnologia? E se existissem 15 entidades diferentes ao redor do mundo que pudessem fazer um dinossauro? Seria como [o nosso relacionamento] com animais atuais - há animais que são mantidos em zoológicos, como Jurassic Park, mas eles também são usados na agricultura, na medicina e na guerra."

Sobre o seu retorno apenas como roteirista e produtor-executivo, o cineasta achou que dar a direção à outra pessoa seria melhor à franquia.

"Sinto que devia ser algo como o que estão fazendo com 'Star Wars'; este pode ser o tipo de franquia que seria melhor oferecida através de diferentes visões, diferentes diretores, novas ideias para serem jogadas no pote.

Mas eu pensei que um presente que eu poderia dar ao próximo diretor era criar uma oportunidade para contar histórias que pelo menos nos tirasse desta ilha potencialmente, e não fazer com que esses filmes sejam continuamente sobre pessoas correndo de dinossauros em uma ilha, porque não tenho certeza de por quanto tempo isso pode nos entreter."

A tal história mencionada por Trevorrow claramente se refere ao arco do Dr. Henry Wu (B.D. Wong), que fugiu da ilha Nublar durante o Incidente de 2015 carregando uma maleta repleta de embriões; mais adiante, foi revelado que a InGen possuía planos para criar um "exército" de dinossauros.

Ainda sem título definido e sem diretor, a sequência de Jurassic World chegará aos cinemas americanos em 22 de Junho de 2018 (provavelmente um dia antes em território brasileiro).

Fontes da notícia: RadioTimes e Wired
Compartilhar no Google Plus

Sobre os autores


Victor Nunes é o fundador da rede Mundo Jurássico BR. Com 18 anos de idade, reside em Guarulhos/SP, cursa Engenharia de Produção pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e é fã de Jurassic Park desde seus 8 anos, além de curtir outras produções de cinema e televisão da cultura pop. | Facebook | Twitter

Bruno Fernando é editor do Mundo Jurássico BR desde junho de 2015. Apaixonado pelo clássico de Spielberg desde criança, conheceu o romance original de Michael Crichton na adolescência e hoje, com 18 anos, se considera um fã de cultura pop e futuro jornalista.
    Comentários do Disqus
    Comentários do Facebook

3 comentários :

  1. Parece que as homenagens foram alem dos filmes em jurassic world...(cena em que zack e gray entram no hall do JW e a figura da ação do nick van owen ...kkkk só esse eu tive uns 3 kkkk sensacional )

    ResponderExcluir
  2. Isso estava plantado desde o livro... a ideia de que esse controle não é possível e os dinos acabariam se espalhando.

    Prevejo dinossauros sendo usados em várias coisas (não só como armas), e eventualmente saindo de controle e causando o caos, talvez trazendo um vírus que dizime a humanidade (como em Planeta dos Macacos, apesar que no segundo livro já se falava na Doença de Prions que os Dinos desenvolveram). O nome ter mudado para "Jurassic World" não foi a toa.

    ResponderExcluir
  3. Esse é o próximo filme deles.

    ResponderExcluir